A Vizinha E A Tela Da Cerca

A vizinha e a tela da cerca

Em 1992 por ser filho de policial militar fomos obrigados a morar numa cidadezinha chamada Maravilhas, bem pequena no interior de minas gerais. Estava com 18 anos, quando cheguei na nova casa que era cercada de tela e bambu, notei que a mulher do vizinho era bem atraente, com seus 35 anos, 1,70 e bem fofinha, com cintura marcante e um bundão de impressionar, com seios pequeninos. Sempre ficava sozinho em casa durante a tarde, visto que meus pais trabalhavam o dia todo. Então comecei a praticar o voyerismo da vizinha que lavava roupa de costas virada para os fundos da minha casa. Um dia tomei coragem e a pedi um pouco de acúcar e ela com a camisa molhada me atendeu pela tela. Fiquei louco com aqueles seios pequenos e duros!! Ela me perguntou se estava gostando da cidade e então disse que sim e disse que a cidade era muito boaa!! Dessa forma, toda tarde passei a bater papo com ela pela janela e comentar sobre novelas. Até que certo dia ela comentou sobre uma personagem que traía o marido, e perguntou o que eu achava, como já havia 3 meses que conversava com ela sobre tudo. Disse que achava normal e que se o marido aprontava e ficava bebendo, chegando tarde ou xingando a esposa, ele tinha que tomar chifre mesmo. Aproveitei que o marido dela não era nenhum santo, que gostava de buteco e baralho. Então ela ficou com aquilo na cabeça, percebi que ela ficou pensativa. No outro dia ela me perguntou se eu já havia conhecido uma mulher, e eu disse que NÃO. Mas ficava louco com alguém da vizinhança, então ela curiosa perguntou se era uma adolescente ali da vizinhança, fiz mistério mas disse que era alguém muito melhor. Assim ela falou me conta, vou manter segredo e disse que era evangélica, não contaria para ninguém. Então falei para ela chegar bem perto da tela para contar no ouvido dela e quando ela chegou bem perto ela estava ofegante e tão quente que parecia uma fornalha. E por cima da cerca não aguentei estiquei o pescoço e passei a língua dentro da orelha dela. Ela suspirou e me beijou com tanta força que quase gozei ali mesmo. Mas ela começou a passar a mão no meu pau por cima da calça e a tentar abaixar a minha bermuda, mas a cerca não deixava, então ela gemia e dizia, deixa eu ver!! Quero sentir! Então coloquei pra fora e passei pela tela e ela abocanhou como se estivesse sem há anos e me puxava pelo pau e abocanhava e puxava e abocanhava, até que se virou, levantou a sua saia, arredou a calcinha e deixou entrar tudo, naquele vai e vem frenético e enlouquecedor, sob a sombra de um pé de manga, até que gozei nela toda, explodi de tesão. No entanto, quando terminamos bateu um arrependimento nela e ela correu para dentro de casa sem olhar para mim.

Contos relacionados

Assediada No ônibus Por Uma Lésbica

Olá, me chamo Ana, tenho 29 anos e este é o meu relato erótico. Tudo que é aqui narrado aconteceu de verdade quando eu tinha 20 anos em Curitiba, aonde morei nessa época. Eu tinha 20 anos quando isso aconteceu e estava no primeiro período da...

Meus Filhos!!! Como Adoram Trepar Comigo!

Depois de pensar bastante, decidi tornar público as minhas experiências sexuais. Estou fazendo isso com o intuito de encorajar possíveis mães que fazem o mesmo que eu, porem ficam na hipocrisia do ?proibido?. Antes de tudo vou me apresentar, meu nome é...

Todo Mundo Merece Um Paulinho....iii

Todo mundo merece um PAUlinho....III Todo mundo merece um PAUlinho....III (A saga continua) Olá pessoal, essa é mais uma história de meu deus grego e eu, hoje vou relatar quando transamos no primeiro andar do cursinho pré-vestibular, as...

Comendo a Madrasta

Sempre imaginei comendo a madrasta, após a separação com a minha mãe, meu pai nunca teve uma outra mulher por muito tempo, namorava com algumas por um tempo mas nada muito sério. Hoje em dia, ele está junto com a protagonista desse conto, seu nome é...

Noite Em Casa.

Noite em casa. Nós chegamos a nossa casa por volta das onze da noite, eu não queria que você visse a surpresa que te aguardava então lhe vendei os olhos para que não bisbilhotasse. Eu estava amando a situação. Mas também queria aguçar seus sentidos...

Matrimônio

Aconteceu há três meses atrás. Adoro viajar, mesmo sozinho, e desta vez eu tinha ido para a Rússia. São Petesburgo, uma cidade linda. Em um dado momento descobri um circuito de corrida de cavalos, um de meus poucos vícios, acabei indo conhecê-lo. Adoro...



forum eroticocontos de sexo eroticocornos contosconto erotico gay realcontos eriticosporno incesto contoscontos erótico incestocontos eroticos com filhasconto erotico 2019contos erticoscontoserticoscontos eróticos de incestoscontos erotcoscontos etoticosperdendo a virgindade contoconto erótico cunhadacontos e relatos eróticoscontos eroticos pesadoscontos eroticos de casadaspriminha contosconto erotico putariaconto vizinhaconto erotico comendo a primacontos sexirma contos eroticosconto erotico perdendo a virgindadecontos eroticos alunacontos eróticos zoocontos porno reaisconto erotico irmãoconto erótico curtoconto erotico transexcontos exibicionismocontos de exibicionismoprimos transandocontos eróticos orgiascontos eróticos primeira veztia contos eroticoscontos eroticos no onibusconto sadocontos de scatcontos eroticos lesbiscoscintos eroticiscontoeróticomelhores contos eroticoscontos eroticos filhocontos eroticos masturbaçaocontos eroticos onibus lotadoconto erotico com negaocontos eroticos massagemconto erotico tiacontos eróticos zoocontos erotigosincestos contoscontos de incesto reaiscontos de sexo em familiacontos de sexo grupalrelatos eroticos reaisconto erótico curtocontos eroticos de casadas safadascontieroticocontos exibicionistastia contos eroticoscontos eroticos freirasconto incestocontos eroticos comendo a maecontos eróticos amadorcontos eroticos irmãcontos eróticos de cornocontos heróicocontopornomelhores contos eroticosirma contos eroticoscontos eroticos acampamento