Comi Mais Uma Casada Em Curitiba

Bom este é meu segundo conto aqui, isso graças as pessoas que visitam ao site. Entrei em novembro de 2012 em meu MSN e aceitei um convite de um casal de Curitiba, ele com 28 e ela 25 anos, casados a 5 anos queriam apimentar a relação, por?m, tinham muito medo e insegurança. Conversamos muito por várias semanas, nos conhecemos melhor e por eu ser casado se sentiram mais tranquilos quanto ao sigilo, nos vimos atravôs da cam, não só gostaram de mim, mas eu gostei demais, pois do outro lado tinha uma loirinha de parar o trínsito. não forcei a nada deixei eles se entregarem a fantasia e é assim que tem que ser sempre respeitando o casal, pois, quem dita as regras são eles. Mas este casal estava louco para fazer mas não sabia como, estavam com receio, deixei meu telefone e avisei que quando quisessem algo, apenas para nos conhecer me ligassem, tentei fazer eles se sentirem seguros e mostrar que eu estava ali para ajudar. Em dezembro em uma tarde ensolarada recebo uma ligação, chamada restrita, era ? Mari ( fict?cio ) falando que estava sozinha e que estava louca para realizar a fantasia e seu marido estava trabalhando, perguntei se ele sabia da minha ida, ela disse que sim, foi um plano dos dois. Ela me passou o endereço que fica no Cabral em Curitiba, cheguei lá por volta das 15:00hs, o porteiro me recebeu e falou vocú é o t?cnico de informútica que a dona Mari esta esperando pode entrar, kkkk este era meu disfarce para ninguém saber, cheguei era um belo sobrado, quando a porta se abre e sai uma loirinha de 1,68m 57kg, pele branquinha, um sorriso lindo vestida apenas com um short jeans e uma blusinha que marcava seus pequeno seios. Me deu um beijo no rosto a principio e me acomodou em sua sala, percebi que estava sem jeito, insegura e sem saber o que fazer, me levantei peguei ela em meus braços e falei para ela ficar tranquila que faria somente que ela quisesse, comecei a beijar sua nuca dar mordidinhas em seus ombros senti ela arrepiar toda, fui passando a mão em seu corpo, sentindo como era perfeito e eu um cara de sorte, virei ela de frente tirei sua blusinha beijei seus seios pequenos mas durinhos, continuei beijando sua barriga, até arrancar seu short, que me mostrou que ela estava sem calcinha, depiladinha totalmente e suas pernas já estavam molhadas do níctar de sua bucetinha, fui beijando suas coxas, ao lado de sua bucetinha, dando mordidinhas de leve, fazendo ela pedir para eu enfiar a lÂngua nela, quando ela pediu, fiz lentamente seu clitáris ficar durinho, dei lambidas de leve e frenúticas, sentia um gosto delicioso de bucetinha molhada, fiquei nesse ritmo por uns 10 minutos, quando ela anunciou um gozo, chegou a me prensar sobre suas belas coxas, e deu um grito muito alto parecia que não ia parar….fiquei dando carinho a ela enquanto se recompunha, voltei a chupa-la mudando o jeito de tocar no seu clitáris, mas agora com dois dedos dentro da bucetinha tocando a parte de cima da entrada, mais alguns minutos ela soltou outro grito de gozo, estava molinha, falando que nunca havia gozado na boca de ninguém, não sabia o quanto era bom, quando toca o interfone, era o porteiro querendo saber se estava tudo bem que a vizinha do lado havia ouvido uns gritos e como tinha o t?cnico de informútica lá estavam preocupado, ela disse esta tudo bem sim, apenas havia derrubado uma cadeira em seu p?,rsrsrs….ela voltou e demos risos juntos pediu para subirmos em sua cama queria deixar o cheiro de meu perfume l?, que ela havia gostado, me elogiou da performance da chupada, mas agora era ela que queria me retribuir, chegando em sua cama, arrancou minha cal?a, saltando meus 19cm muito duro de tesão já, começou a chupar gostoso, babava com uma criança e lambia de cima a embaixo, segurei para não gozar naquela boquinha deliciosa, em um pulo ela deixou meu pau e sentou gostoso nele, estava tío molhada que escorregou muito f?cil para dentro, agarrei naquela bunda redondinha e comecei a socar ela pedia mais, que tava adorando se sentir puta, pedia tapas na bunda e para eu falar que sempre eu ia comer ela agora e que seria minha puta, derrepente ela solta outro grito de gozo, e cai sobre meu peito, nunca gozei tanto, estou acabada, me deu um beijo tío gulosos que parecia nunca ter beijado outro homem, falou que sentia falta dedar um beijo assim e seu marido ultimamente só dava selinho. Nesse momento ela lembrou de ligar para ele , para deixa-lo louco e saber que sua mulher era puta agora, virei ela de quatro para falar melhor , quando ela falou alá coloquei devagarzinho quando ela disse amor adivinha que estou fazendo comecei a socar, ela não conseguia falar, só gemia para marido ouvir colocou no viva voz e ouvia o marido dizendo que ela era puta e se tava feliz com o macho que eles haviam arrumado, ela só gemia, diminui o ritmo para ela falar, amor não posso falar agora ele ta me fudendo muito já gozei trás vezes, e eu acho que tem mais ainda, ele falou que estava quase saindo da empresa, era quase 18 hs, meti forte denovo onde ela gozou no meu pau de quatro, pediu para eu gozar em sua bucetinha que queria deixar a porra para seu marido ver, e pediu para sai antes que ele chegasse,pois, tinha medo que sentisse ciúmes de mim, já que ele não era um homem tío bonito, virei ela de frente e soquei levantando suas perninhas, enchi sua bucetinha de porra, me deu outro beijo gostoso, e pediu para eu tirar algumas fotos dela comida cheia de porra para guardar de lembranças e depois me mandou algumas por e-mail para eu guardar, me acompanhou até a porta me dando outro beijo e prometendo a voltar, saindo do sobrado dei de cara com sua vizinha, que ficou olhando desconfiada. No outro dia entrei em meu MSN, ela estava on line, me agradeceu , falou que seu marido nunca havia tratado ela tío bem quanto aquela noite, e os dois estavam muitos felizes, que com certeza iriam repetir, pois, ela adorou como a tratei deixando a segura e não fazendo mal a ela, e que quando sai de sua casa sua vizinha foi até l?, e como as duas eram confidentes contou para ela do acontecido, sua amiga sempre teve esta vontade mas seu marido jamais aceitou, no final acabei comendo as duas juntas na casa da Mari dois dias depois, uma com o marido sabendo e a outra sem o marido saber, muito bom. Para quem tiver a mesma fantasia ou quiser saber como ? este mundo de loucuras sem compromisso add [email protected], tenho 31 anos.

Contos relacionados

Amigo Nosso Do Aeroporto

Ola, amigos este não é um conto fictício aconteceu a 5 anos em Rio Claro. Eu trabalhava no Rio de Janeiro, e acada 15 dias ia para casa, em campinas. Conhece um homem da nossa idade 42 anos, ele separado, bom papo, discreto nas palavras, conhece no site do...

Sergio E Eu

Oi, eu sou Paulo e sempre quis contar minhas experiencias, sou casado tenho filhos e gosto de aventuras, sempre tive transas com homens e sempre preferi os mais velhos, desta vez conhecia o Sergio a uns 2 anos, nos conhecemos numa sala de bate papo e...

Eu Faço Direito

Era domingo a noite, estava em meu quarto pronta para deitar-me. Abri a janela do meu quarto para entrar um ar, observei o céu e olhando para frente observei que a janela do apartamento vizinho também estava aberta e a luz do quarto acesa, fiquei olhando...

Susto/medo=prazer

MEDO/SUSTO=PRAZER  Olá tudo bem? O que vou relatar aconteceu faz 20 dias e mudou minha vida e da minha esposa por completo. Os nomes que vou usar são reais, pois moramos numa cidade considerada de tamanho médio e nossos nomes são bem comuns. Meu nome é...

Minha Gauchinha

Minha Gauchinha Tenho uma mulher completa. Ela é minha namorada, minha mulher, minha amiga e também minha amante, e além de tudo isso ela é MUITO diferente das mulheres convencionais. Ela tem 1,65 de altura, magrinha, branquinha, cabelos pretos...

Não Aguento Quando Rebola No Meu Pau

Não aguento quando rebola no meu Pau Olá, meu nome é danilo, moro em mg, tenho 1,84 de altura, 75kg, moreno, cabelo bom, e bem atlético, 21,5cm. eu namorava na epoca do ocorrido mas sempre tinha umas recaídas. um dia, conheci uma...



contos eróticos cornoscontos eroicoscontos gravidasacervodecontoscontos eroticos cunhadinhacontos de encoxadacontos eróticos feticheconto erotico perdendo a virgindadecontos eroticos sobrinhaconto eroticoacontos eoritcosdei pro meu cunhadocontos de pai comendo filhaconto erotico familiacontos eroticos para mulhercontos eroticos 3conto erotico com negaoconto erotico com negaocontos eroticos carnavalcontos eróticos de cornosconto eroticos reaiscontos eroticos encoxadacontos eróticos curtoscontos eroticos brasilcontoincestocontos eróticos proibidocontieroticoconto erotico lésbicocontos eroticos primascontos eroticos quenteminha tia gostosaconto siriricacomi meu maridocontos eróticos cunhadaconto virgemcontos eróticoslésbicascontos reais de cornoscontos eroticos mulherhistorias reais de cornoscontos eroticos xxxcontos sroticosminha tia gostosacontos eroticos padrecontos de exibicionismocontos eroticos de fantasiasdei para meu sogrocontos eroticos na academiacontos de menagecontos eroticos virgemcontos eroticos com professorhistórias reais de incestocontos eroticos virgemcontos porno incestocasais eróticosconto erotico orgiacontos eroticos de negrasconto de sexocontos eroticos mãe e filhoconto erótico 2019contos bondageconto erotico irmãcontos eróticos fetichescontos eróticos analsexo incesto contoscontos punhetaontos erotioscontos eróticosincestocontos eroticos melhor amigocontos eroticos lesbicascontos eroticos pesadosconto porno maes 2017contos heroticocontos eróticos mais lidoscontos eroticos com enteadasconto erotico veridicoconto de sexoconto incestocontos eroticos sobrinhasdei pro amigo do meu maridocontos eroticos de padrecontos eróticos famíliacontos eroticos curtoconto eroticos cornocontos eroticos tiascontos eróticos romanticoscontos eroticos por mulherescontos curtos eroticoscontos eroticos de incestocontos eroticos incestocontos eróticos verídicoscontoetoticodei pro amigo do meu maridocontos incesto mae e filhocontos eróticacontosdesexoconto erotico putaria