Siririca No ônibus

Olá, atualmente tenho 18 anos, e o que contarei aqui, é sobre uma experiencia muito boa que tive aos meus 14 anos. Bom, eu estudava em uma cidade um pouco distante da minha, e precisava pegar ônibus todos os dias. Certa vez eu estava no fundo do ônibus quando chegou uma mulher alta com uns peitos enormes, e sentou do meu lado. Ela estava com uma mini saia e uma blusa apertada, com uma lata de refrigerante na mão. De repente o ônibus deu uma freada que derramou o refrigerante dela todo em cima de sua blusa. Como ela estava sem sutiã, os biquinhos dos peitos dela ficaram durinhos de frio e eu não consegui parar de olhar aquilo. Então ela percebeu que eu fiquei um pouco nervosa com aquilo e sorriu pra mim, perguntou se eu tinha algum papel ou pano pra enxugar sua blusa, e eu rapidamente peguei meu casaco e dei a ela. Ela perguntou se eu poderia enxugar, então peguei o casaco e passei nos peitos dela, apertei tanto que ela deu uma risada sedutora e eu fiquei louca. Ela percebeu que eu estava exitada  e então sussurrou: sabe o que é siririca? E eu respondi que sim, mas só tinha batido umas 2 vezes. Logo ela levantou sua blusa deixando os seios a mostra, aproveitando que o ônibus estava vazio, levantou sua saia, tirou a calcinha e a me entregou. Fiquei olhando aquela vagina gostosa e então ela pegou minha mão e colocou entre as pernas dela. Minha calcinha ficou encharcada. Então ela falou para eu fazer o mesmo, e como eu estava de calça jeans somente abaixei a calça e a calcinha. Percebi que o trocador estava nos observando com cara de exitado, mas nem ligamos. Nós duas começamos a bater siririca até que gozamos no banco, que delicia. Logo, ela sentou no meu colo e ficou de frente pra mim, começamos a nos beijar e acariciar a pepeca uma da outra, enfiando e tirando o dedo, fazendo movimentos de vai e vem numa velocidade descontrolada. Não consegui resistir e gemi alto, e todos que estavam no ônibus começaram a olhar. Ela gozou na minha perna todinha e no banco, deixamos uma poça de gozo no banco em que estávamos. Então o ônibus começou a encher e decidimos parar antes que chamassem nossa atenção, fomos para outro banco e ficamos observando as pessoas olhando para aquela poça de porra e se perguntando o que era. Fomos até nossa parada sem falar nada uma com a outra e quando eu estava descendo do ônibus, o trocador me chamou e apertou meu peito e me chamou de puta, então mandei ele ir pra puta que pariu e desci do ônibus. 

Galera, eu não sou puta, eu faço faculdade de direito. Essa foi apenas uma experiencia incrível que nunca esquecerei. Espero que tenham gostado do meu primeiro conto. Beijos.

Contos relacionados

Meu Amigo Pensa Que Meu Corninho não Sabe

Ola queridos leitores vou conta um momento muito delicioso que aconteceu comigo e meu esposo ,somos casados a 12 anos temos 01 filho somos um casal normal com uma vida cotidiana normal.Tudo começou quando meu marido começou a fantasiar sairmos com mais um...

Sendo Puta Para O Dono Do Porsche Cayenne

Ah, aquele Porche Cayenne !!! Certo dia, recebi uma ligação no meu celular , de um homem que dizia que adoraria ser meu amante genero$o, que adorava dar presentes, galantear, dar quantias genero$a$ para mulheres casadas, na presença do corninho, que...

Balada Inesquecível!

Balada inesquecível! Lembro-me como se fosse hoje! Eu já estava deitada quase dormindo quando meu telefone tocou... Era meu irmão me chamando para uma balada em uma chácara. Sem nada pra fazer no outro dia, resolvi ir mesmo sem vontade....

Eu fiz um homem gozar pela webcam, ao lado de sua esposa

Oi meus amores, após muitos pedidos, estou de volta pra contar mais uma aventura minha. Essa é bem recente, foi agora de agosto e embora tenha acontecido tudo pela internet, foi uma das minhas experiências mais prazerosas e cheguei a gozar mais de uma vez....

?papai Gosta Dela Peluda

                     papai gosta dela peluda Conto enviado por:Mayara Nascimento Não sou uma mulher perfeita fisicamente,nem muito exótica como as que vejo descritas em todos os contos que leio, como se fossem uma...

Tirei A Virgindade Com Meu Primo

Tirei a virgindade com meu primo Olá, meu nome é June, branquinha dos olhos azuis esverdeados, cabelos  bem loiros naturais, corpinho de academia e natação. Seios médios, mas bem durinhos, bumbum arrebitado, e por conta de quadris largos,...



siririca contosconto erotico de incestocontos pornograficoencoxadas 2017contos erotico incestoconto erótico femininohistórias reais de incestocontosonlinescat contosencoxada no busaocontos eroticos curitibacontos eroticos vipcasados contos eróticoscontos eróticos primeira vezcontos eroticos na academiacontosneroticoscontos incestocontos comi minha irmacontos eroticos com a irmacontos eroticos melhorescontos eroticos de padreconto erótico realcontos eróticos com animaiscontos eroticos irmasstrapon contoscontos eroticos com a tiacontos eróticos atuaisporno incesto brasileiroconto erotico de cunhadacontos eroticos com enteadascontos de cornosconto eroticos gratistia contos eroticosfamilia incestuosa contoscontoetoticocontos de incesto de mae e filhoconto erotico de cunhadacontos de putariaconto exibicionismocontos bondagecontos eróticos negaoincestos contoscontos de punhetaconto erótico lésbicaconto erotico mae e filhocontos eroticos ninfetascontos eroticos insestoscontos eroticos mulherescontos eroticos com o paiconto eroticosrelatos incestoconto incestocontos eroticos entre irmaoscontos eroticos insestosconti eróticocontos eroticos quentesconto erotico casadacontos eroticos acampamentocontos eroticos irmaoscontos eroticos tiashistórias de putariacontos eroticos pai comendo filhaconto erotico irmãocontos eroticos amadoressuruba contocontos de siriricacontos eroticos padresesposa safada contosconto erotico verdadeirocontosercontos eroticos gay novinhosconto erotico siriricacontos eroticos on linecontos eróticos virgemcontos masturbaçãocontos de incesto mae e filhoencoxada no onibusincesto brasileiroconto erotico menagecontoetoticocontos erotricosincesto contoincesto contos eróticoscontos eróticos femininos