Mestiça Carente

Olá, me chamo Adriane, tenho 29 anos, mestiça, 1.55 de alt, não sou magra nem gorda, tenho um corpo ideal, peitos médios e um bundo bem farta!

Bem vou relatar uma história real, aconteceu comigo em 2011.

Sou casada, meu marido e eu passávamos por um momento conturbado em nosso relacionamento, ele já não me procurava mais, e eu a algum tempo andava carente, meu marido trabalha com eventos, e um certo dia eu pedi para que ele me levasse a um show que teríamos em nossa cidade no litoral paulista,  ele não queria muito que eu fosse mais cedeu!

Lá durante a noite ele estava mais a trabalho e me deixava a só por muitas vezes, acabei ficando junto a alguns amigos nossos, em decorrer da noite bebi muito, tomei vários copos de vodka com energético e já estava bem bêbada! Comecei a reclamar com ele via msg SMS que ele deveria ficar ao meu lado, acabamos brigando, e no fim da noite ele com raiva me mandou ir embora de taxi pois ele ainda demoraria.

Revoltada, bêbada, carente… Assim sai sozinha do show e caminhava em meio a multidão até um ponto de taxi, no meio do caminho um velho amigo do qual tive um breve relação antes do meu casamento passou ao lado de carro, junto a ele um outro rapaz do qual ainda não conhecia, ambos me ofereceram carona, agradeci e e neguei o pedido mais eles continuaram a insistir até que cedi, entrei no carro com eles e partimos, em meio a conversa acho que eles perceberam que eu estava bem alterada por conta da bebida eles ainda com um copo na mão, me ofereceram e eu aceitei, perguntaram do meu marido e eu carente comecei a reclamar, no trajeto eles conversaram rapidamente bem baixinho para que eu não escutasse e logo após eu percebi que ela estavam indo para o lado contrário de minha casa.

Indaguei eles e me disseram para relaxar pois iríamos tomar a ultima da noite, nada falei apenas concordei.

Em fim chegarmos a uma casa em outro bairro de minha cidade, entramos e lá sentei na sala em um poltrona, e logo eles vieram com copos de mais vodka com energético!

Começamos a beber e conversar, eu já estava visivelmente muito bêbada, mais lembro perfeitamente, eles foram ficando mais a vontade e só estavam de calça, já haviam tirado a camisa, eu ali sentada, estava vestida com um vestido na altura da coxa cerca de um palmo acima do joelho, um vestido em um pano bem leve e gostoso, estava sentada de pernas cruzadas e percebi que eles não paravam de olhar para minha coxas e para meu decote, papo vai e vem eles foram juntos a cozinha e depois de algum tempo apenas rapaz que eu já havia tido um caso voltou, ( vamos chama-lo de Jr )

Jr me deu o copo e ficou em pé ao meu lado bem próximo a mim, com o copo na boca eu olhava de canto de olho e percebi que repetidamente ele passava a mão em cima do seu pau, e naquela região havia um grande volume em sua calça, pois bem, ele percebeu que eu estava olhando e ficamos por um momento olhando olho a olho um para o outro em silêncio, ele se abaixou e me beijou, depois e um longo beijo e bem safado, ele levantou-se e bem próximo a mim abriu sua calça lentamente, e tirou seu pau pra fora!

Nossa a tempos não via outro pau, fiquei tremula na hora havia esquecido de como ele era, era um dote maior do que eu já estava acostumada com meu marido, meu marido tem 15 cm de dote, e o Jr devia ter uns 17 e meio, e era mais grosso, ele o segurou e deu uma balançada meio que insinuando a mim, meia tímida o peguei e comecei a acaricia-lo, o olhava fixamente e o masturbava, ele chegou mais próximo de meu rosto e puxou minha cabeça de leve, atendi a sua vontade e abocanhei aquele pau gostoso, bem ali estava eu, matando minha vontade, chupando um pau maior e mais gostoso do que o de costume! 

Chupei com vontade, ele forçava minha cabeça contra seu pau, eu abria bem a boca e engasgava, deixei seu pau todo babado, eis que acho que já planejado o outro rapaz ( vamos chamá-lo de Zé ) apareceu na sala e com um sorriso no rosto ficou em pé olhando e rapidamente começou a se acariciar, primeiramente por cima da calça, eu ali chupando o Jr e olhando para o Zé, ele não agüentou e tirou pra fora, para minha surpresa, o que era aquilo!!!!

Eu nunca havia visto um pau tão grande e grosso, gente era colossal!

Com o pau do Jr na boca arregalei os olhos, eles riram com a cara espanto que fiz, várias coisas começaram a passar em minha cabeça! Então o Zé disse que tbem queria ser chupado, e o Jr o ofereceu a mim, levantei e me ajoelhei no chão! Os dois se aproximaram e comecei a bater uma para eles, um pau em cada mão, Zé segurou meu cabelo e eu entendi, segurando seu pau com a mão direita, minha mão não fechava, faltava muito para que ela encostasse os dedos ao torno dele, o segurei bem na base e todo aquele pau chegava e de envergar para baixo de tão pesado que parecia ser pelo seu tamanho e grossura, o olhei bem e comecei a lamber sua cabeça!

Gente era muito grosso, comecei a abocanhar e a cabeça mal cabia em minha boquinha! Mais fui em frente eu abria bem a boca e tentava enfiar mais em minha boca, ele segurou minha cabeça com força e começou a tentar fuder minha boca, comecei a se engasgar nessa hora eu já o segurava com as duas mãos para impedir que ele enfiasse mais, cheguei a sentir a cabeça dele em minha garganta, o tirei da boca, toda babada olhei para eles e disse, “gente eu sou pequena eu não agüento! ” eles riram.

Foi quando Jr me levantou e me guiou até o quarto, no quarto eles terminaram de se despir, eu sentei na cama ainda vestida, eles me deitaram e Zé veio mais próxima de minha cabeça, eu deitada e ele meio que de joelhos enfiou novamente o pau em minha boquinha, e Jr levantou meu vestido, puxou minha calcinha de lado e começou a me chupar, sou toda depiladinha, ele amou, ele lambia  e cuspia nela, e a mostrava para Zé, eles diziam “olha como e pequena e rosadinha” Zé riu e olhando pra mim me perguntou,”será que cabe??”

Nessa hora não sei dizer o que respondi, pois gozei na boca do Jr! Eles perceberam pois contorci meu corpo e eles me seguraram para que eu não saísse dali!  

Após no chuparmos, Jr me colou de 4 na beira na cama, empinei bem a minha bunda, eu estava muito molhada e louca para gozar nos paus deles, eu nunca havia feito com dois ao msm tempo! Estava meia tremula e ansiosa, Jr começou, deu umas batidas com seu pau em minha bunda e o enfiou bem devagar, eu com minha mão o auxiliava para ir com calma!

Entrou fácil! Deixei o pau dele todo melado em seguida em quanto Jr me comia de 4, Zé apenas observava se masturbando lentamente! Eu o olhava e imaginava aquele pau enorme dentro de mim!!!

Jr ali me fudendo, nessa altura ele da enfiava com força até o fundo, era alto o barulho das estocadas, dava tbem para ouvir o barulho de molhado e eu gemia! Soltei gemidos vem alto! Em casa eu não poderia gemer a vontade pois minha filha escutaria, então aproveitei e me soltei gozei umas duas vezes em quanto Jr me fodia! Percebi que Jr queria gozar tirei o pau dele e disse para ele ter calma, não queria que ele terminasse, então nessa hora Ze se aproximou me pois de volta na msm posição e disse ” agora e minha vez, deixa eu provar essa delicia!”

Eu abri um sorriso e me posicionei, ele deu umas pinceladas em minha buceta, ele ainda comentou olha como ela está molhadinha, e começou a enfia-lo, nossa como era grosso, senti minha bucetinha de abrindo toda, nem ele esta conseguindo enfiar seu pau, o pau dele dobrava e não entrava muito, Jr veio até minha frente sentou na cama e puxou minha cabra para baixo fazendo com que eu ficasse com seu pau na boca e minha bunda empinada pra cima, nessa hora acho que fiquei mais aberta e em movimentos de vai e vem Zé conseguiu enfiar seu pau todinho até o talo, eu me apoiando nas coxas do Jr, apertava com força e ele me segurando pela cabeça forçava para eu não tirar a boca de seu pau, Zé começou a fuder com força, ele dizia que minha buceta estava apertando seu pau, Zé me segurava forte e enfiava com força, eu não gemia apenas resmungava com o pau do Jr na boca, ficamos um bom tempo naquela posição até que sem me avisarem percebi que Zé diminuía o ritmo, ele apertou minha cintura com força e senti o pau dele latejando, ele soltou um gemido forte senti que ele estava gozando, rapidamente  dei um tapa na perna do Jr e consegui tirar seu pau da boca mais continuei presa naquela posição, na hora acho que gritei não sei, e disse “não, não goza dentro de mim, tah louco”

Mais já era tarde o pai dele latejava e eu sentia aquela porra quente dentro da minha bucetinha, Jr em seguida enfiou novamente o pau em minha boca, reclamei mais gostei muito, outro homem gozando dentro de mim! Aquela situação de excitou ainda mais, Zé msm gozando ainda me fodia lentamente e Jr forçando o pau dentro de minha boca,  não agüentei o momento e gozei no pau do Zé, achu que ele sentiu meu gozo, pois ele gemeu e forçou seu pau até o talo e o segurou ali para que eu gozasse, e como gozei me senti com o corpo mole,na msm hora em que eu gozava Jr tbem gozou ele segurou minha cabeça com força, achu que para eu não cuspir, sei lá, mal sabia que eu queria muito aquilo, gozou bastante tbem, e eu engulo tudinho, após gozarmos, deitei na cama estava toda bagunçada, meu vestido só tampava a região do meu abdômen, minha calcinha toda melada e de lado, meus peitos para fora do sutiã, descabelada, eu toda gozada, ainda sentia o gosto da porra do Jr, minha bucetinha estava quente, eu estava exausta!

Jr foi ao banheiro e Zé saiu do quarto, logo depois Zé voltou com um copo na mão, deu um belo gole e começamos a nos beijar!

Não acreditei mais ele já estava ali de pau duro novamente! 

Voltei a chupa-lo, ele tirou a minha roupa me deixou nua, eu sentia o gosto do seu pau gozado, ele tinha meu cheiro, ele começou a bater com seu pau em meu rosto, achu qe fiquei com as buchechas vermelhas pois ele batia com força, eu estava adorando tudo aquilo, Jr ainda no banho, foi quando meu celular tocou, eu não havia dado conta de quanto tempo eu estava lá! Eu havia saído do show era 4 da manhã e já eram 7:40 da manhã! Era meu marido ligando me desesperei na hora, Zé me segurou e eu ali com o celular na mão, o pau dele na outra, ele disse para eu atender!

Que loucura, eu atendi, ele muito nervoso querendo saber onde eu estava e eu mal sabia me explicar, eu falava com ele mais não tirava os olhos do pau do Zé!

Disse que estava na casa de minha irmã, e iria voltar em pouco tempo!

Em quanto eu o acalmava no telefone, Zé em meu ouvido disse vc não vai embora em quanto eu não comer esse cuzinho!

Arregalei meus olhos gelei na hora gesticulei com a boca dizendo não, que ele era louco!

Nem meu marido comia meu cuzinho direito, e logo ele com aquele pau enorme, ele iria me arrombar pensei na hora, ao desligar o telefone deitei na cama e nos beijamos, e ele me acariciando rapidamente eu estava molhada de novo, deitados de lado mais de frente um com outro, ele levantou uma de minha pernas e eu encaixei seu pau em minha bucetinha, já entrou mais fácil, achu que eu já estava arrombada, ficamos ali por um tempo, ele chupa meus peitos em quanto metia seu pau em minha gozei mais algumas vezes e ele me virou fiquei deitada de costas para ele, ele subiu em cima de mim e em quanto me comia eu puis os braços para traz e abri minha Bunda deixando meu cuzinho a mostra ele gostou do que viu tirou seu pau e comeu a bater com ele em meu cuzinho, eu já estava mudando de idéia, eu soltei minha bunda e com as mãos para frente segurei com força nos lençóis!

Empinei minha bunda, ele comeu a enfiar seu pau em minha buceta e tirar seguidamente dava uma forçada em meu cuzinho, aquilo me excitou ainda mais deixei o pau dele bem melada, assim achu que deu uma facilitada e comecei a sentir que seu pau estava entrando, de repente senti um estralo, achu qe foi minhas pregas, Seu pau entrou, eu soltei um berro e ele começou a meter devagar, ele comeu a alar umas putarias pra mim, e isso me excitou ainda mais, ele dizia que iria me arrombar, que meu marido bem ia imaginar que eu estava ali tendo o cuzinho arrombado por ele, comecei a força minha bunda pra traz ajudando ele e me fuder mais, jr saiu do banho, viu a cena e comentou que tbem queria comer meu cu, eu gemia, e Zé enfiava cama vez mais, até que Zé enfiou até o talo, soltei um berro e ele me segurou pelo cabelo, quando dei por mim eu já estava relaxada e ele metendo em meu cuzinho, eu já não sentia mais dor, era só tesao!

Viramos e Zé deitou, eu subi em cima dele e comecei a cavalgar com sei pau em meu cuzinho, Jr nessa hora veio em pé e comecei a chupa-lo, foi quando gozei pela primeira vez dando o cuzinho, meu telefone comeu a tocar novamente e eu voltei a me preocupar, eu queria parar mais eles não deixaram eu atender!

Me colocaram deitada de pernas abertas, joelhos dobrados fiquei toda a mostra Zé me segurou e naquela posição, eu pedi que parassem pois o telefone havia tirado meu tesão, Zé sem dó enfiou seu pau em meu cuzinho novamente e disse que eu só voltaria pra casa quando eles terminassem, não precisou de muito, já estava eu toda melada de novo, ele começou a me fuder com força, eu gemia alto, e ele dizia que meu cuzinho apertava seu pau, eu vendo Jr ali parado esperando louco por sua vez, gozei muito naquela posição, depois de meter muito zeh avisou que iria gozar, eu naquela posição conseguia ver aquele pau grosso e enorme sumir dentro de mim, então em fim senti seu pau latejar, ele gemia alto e ficou parado em quanto seu pau jorrava porra dentro de mim, ele tirou o pau ainda pingava gozo dele eu fiquei ali na msm posição e Jr já veio em seguida, não foi difícil agüentar o pau do Jr, entrou fácil depois do Zé,

Enquanto Jr comia meu cuzinho gozado e arrombado, Zé com o pau todo melado de porra veio até mim e me fez chupar, Jr metia com força, em quanto isso eu lambia o pau do Zé, gozei mais algumas vezes até que Jr tbem gozou, Jr tirou o pau pra fora e gozou em cima da minha bucetinha, Jr gozava bastante, deixou minha bucetinha toda melada!

Depois disso levantamos e fui tomar banho mais eles não deixaram! Me disseram que eu iria voltar pro meu marido toda gozada e fudida!

Safados!!!! Reclamei mais gostei, vesti minha calcinha que ficou toda melada, e vesti o vestido, e todo resto, eles tbem.

Na volta apenas Zé me trouxe, Jr ficou em casa!

Já perto de casa pedi que ele parasse na esquina que eu iria a pé, ele parou o carro e fui descer quando ele me segurou e disse, “vc não vai sair assim”, eu perguntei a ele o que mais ele queria, e o indaguei ” vc não está satisfeito, até comeu meu cu!” Ele me beijou e me disse que queria gozar na minha boquinha,  eu pensei um pouco até neguei, mais quando dei por mim já estava acariciando por cima da calça dele, ele pois o banco mais pra trás e se ajeitou, fiquei meia que de 4 no banco, abri sua calça peguei aquele pau gostoso e comecei a chupar, chupei por um longo tempo, ele me falava putarias, me chamava de sua putinha, falava que seria meu amante, e que voltaria para comer meu cuzinho de novo, aquilo me excitava e eu chupava com mais força, eu msma forçava a colocar o pau dele o máximo que desse em minha boca, em fim ele disse que iria gozar, nessa hora eu tirei seu pau  da boca e olhado pra ele beijando a cabeça do seu pau eu dizia, “goza na minha boca”, ele comeu a gozar, esporrava porra pro alto,ele melou minha buchecha, meu lábio, e meu abocanhei seu pau, já c a cara melada do primeiro jato e o restou deixei que fosse na boca, o fdp não parava de gozar, não consegui engolir tudo e acabou escorrendo por seu pau, a porra escorria entre meus dedos qe seguravam o pau dele, bem, estava eu ali com a mão, boca e rosto todo melado, ele então tirou a camisa e me deu para que eu me limpasse, me limpei depois ainda limpei o pau dele tbem, nos despedimos, ele me deu seu telefone e sai do carro. 

Cheguei em casa meu marido ainda deitado, fui direto pro chuveiro, minha calcinha estava toda manchada de porra eu estava com. Cheiro de porra me senti um puta, mais estava satisfeita, me banhei e depois deitei ao lado do meu marido, o corno nem imaginava  que eu havia pela primeira vez dado para dois homens ao msm tempo, ele reclamou que eu estava bêbada a que havia demorado, foi quase uma briga, mais o acalmei e logo dormimos, afinal eu estava exausta.

Ele nem imaginava que eu estava toda arrombada, que dois homens haviam gozado dentro de mim!

Em fim, depois dessa teve outras aventuras, contarei mais em breve.

Contos relacionados

Fui Fodida Na Academia!

Fui fodida na academia! Bom o conto que vou lhes contar aconteceu semana passada. Sou jornalista e faço academia, por isso tenho tu saradinho e durinho sou magra tenho peitos fartos e bundinha empinada. Na academia eu tenho um professor assim...

Gozaram Na Calcinha De Minha Esposa

GOZARAM NA CALCINHA DE MINHA ESPOSA SOU CASADO A 10 ANOS E SEMPRE TIVE A FANTASIA DE VER MINHA ESPOSA ENTRANDOEM OUTRA VARA. ELA, NEGRA LINDA CORPO SARADO 30 ANOS DE IDADE. CERTA VEZ TIVE A IDEIA DE CONVIDAR UM AMIGO PARA VIR AQUI EM CASA BEBER COM AGENTE....

Na Casa Da Praia

Na casa da praia Era verão no final dos anos 90 e passávamos férias na minha casa de praia. Num final de semana chegou minha filha com vários amigos, na verdade eram três casais, todos jovens e bonitos. Chegaram muito barulhentos, e querendo...

Meu Gatinho Tarado

Meu gatinho tarado Bem o que passo a contar, tem me deixado muito exitada, pois embora me considere bem dadinha e danadinha, faz tempo que não curtia algo tão bom. Tenho um metro e cinquenta e cinco, sou baixinha, uns 49 ou 50 kg, morena de cor e...

Uma Noite A Quatro

Uma Noite a quatro Somos casados a mais de 10 anos e certa noite convidamos um casal de amigos para um bate papo informal, começamos com umas batidinhas petiscos e senti que as mulheres estavam ja altinhas fui na cozinha pegar mais uns petiscos e a...

Uma ótima Gozada

Uma ótima gozada Bem esse é o meu primeiro relato, que aconteceu por volta de 2002. Algumas coisas realmente não são fáceis de tirar da nossa memória.  Eu estudava fora e a cada 15 dias vinha para casa de meus pais para lavar a roupa...



contos eroticos verdadeiroscontoetoticocontos de siriricacontos eroticos na infanciamelhor site de contos eróticosincesto casa dos contoscontos eróticos praiacontos eróticos de lésbicascontos eróticos lésbicossites de contos eróticoscontos erotico tiaconto erótico de incestocontos eróticos perdendo a virgindadehistória eróticosdepoimentos eroticoscasais eróticoscontos bondagecontos erotico maecontos heroticos reaiscontos amadorescontos de sacanagemcontos eroticos casa dos contosrelatos eróticos reaiscontos eróticos virgensconto erotico no carrocasadas no cio contos eroticoscontos eróticos de incestocontos eroticos na infanciacontos erotic ostransei com meu sogroconto porno maes 2017contos comi minha irmacontos eroticos sogrocontos eroticos com tiascontos de siriricacontos de swingrelatos eroticos veridicoscontosdeincestocontos eróticos negaocontos eróticos insestocontos eroticos incesto maecontos eróticos esposa safadaconto erotico primeiro analcontos eroticos melhorescontos eroticos proibidocontos inversaoconto erótico lésbicacontos eroticos melhor amigotroca de casais contoscontos eróticos masturbaçãocontos eróticos famíliacontos eroticos professorconto erotico sadocornos contoscontoseroticosdeincestocontos eroticos com a irmaconto erotico tiacontos eroticos comendo a vizinhacontos de incesto entre mae e filhoconto erótico irmãmeus fetiches contos eroticoscontos eroticos melhor amigocontos eroticos exibicionismocontos de sacanagemcontos eroticos animaiscontos eroticos tremwww.contos eróticos.com.brcontos incestocontos de mulheres casadasrelatos eroticos reaiscontos eroticos com padrecontos eroticos masturbacaoconto erótico para mulherescontos eróticos insetoscomendo a prima contocontos eroticos excitantesmelhores contos eroticoscontos eróticos de casadasconto heroticocontos eroticos de abusocontos eroticos de estuproscontos eroticos sogracasa dos contos eriticosclube do corno